Uma coisa por vez

Nos últimos dias, venho enfrentando um de meus maiores problemas cíclicos: o começo e fim de eras. E como sei que estou passando por ele? Sinto que nada mais faz sentido e que tudo tem que mudar. O que vem depois é inconstância, vontade de fazer tudo ao mesmo tempo e a dificuldade de realizar tarefas. E se repete de tempos em tempos. Até agora.

A criatividade é minha propulsão e hoje ela me trava. Tanta coisa ao mesmo tempo e percebo que ela, que é meu forte, também é meu fraco.

Pois bem. Ficou claro para mim. Está no meu consciente. Preciso entender os benefícios e malefícios deste hábito, e a pergunta que me faço agora, é: como usar a criatividade para trabalhar minha criatividade? (#InceptionFeelings)

É bugante, mas para evoluir, preciso responder.

Aqui, um video que me ajudou a dar uns bons passos em relação à solução.

“Quando andar, apenas ande. Quando sentar, apenas sente”. Meste Umon

Luis Poletti Published by
Um cara multi interessado. Formado em Turismo e deformado em muitas outras coisas. Apaixonado por conhecimento e tecnologia.